Você está alimentando o seu coração de quê? (1ª Parte)

O Brasil está entre os 10 países com maior índice de mortes por doenças do coração. Responsável pelo bombeamento do sangue, que leva o oxigênio para cada partezinha dentro da gente, o coração ocupa um lugar de destaque na sofisticada engrenagem, que é o nosso corpo físico.

Quando o coração não funciona bem, corremos o risco de contrair problemas complicados como, por exemplo, o infarto agudo do miocárdio, o acidente vascular cerebral, as arritmias cardíacas, as anginas e, as isquemias, entre outros.

Como não vale a pena arriscar, o negócio é prevenir!

Quando falamos de prevenção de doenças cardiovasculares, a primeira coisa que a gente pensa é em uma alimentação apropriada.

Mas, afinal, você está alimentando o seu coração de quê?

uma alimentação apropriada para o coração não tem de ser sem graça nem sem bossa, muito pelo contrário!!!

uma alimentação apropriada para o coração não tem de ser sem graça nem sem bossa, muito pelo contrário!!!

O ideal é evitarmos as gorduras ruins, excesso de sal, açúcar e, segundo o Dr. William Davis, cardiologista e autor do best seller Barriga de Trigo, o trigo também não faz nada bem ao coração.

Então, quais são os alimentos que o coração gosta?

Em primeiro lugar, fazer uma alimentação para prevenir doenças cardiovasculares não significa comer pratos sem graça nem sem nenhuma bossa, muito pelo contrário. Pense em um molho de azeite extra virgem com alho para colocar em cima de uma bela posta de salmão feito ao ponto. O seu coração vai adorar!

Especialistas afirmam que frutas e vegetais muito coloridos contém componentes que fortalecem as veias e, a saúde do coração de maneira geral.

 alho, cebolinha

Ambos têm propriedades que ajudam a melhorar a circulação periférica. O alho pode reduzir o colesterol ruim e a pressão arterial.

folhas verde-escuro, pimenta, gengibre

Ajudam a regular os níveis de colesterol e beneficiam a saúde do coração.

aveia

A aveia é riquíssima em fibra e, ajuda a regular o colesterol.

azeite

O azeite, além de rico em antioxidantes e minerais, é fonte de vitamina E, que atua como se fosse uma boa vassoura em todo o sistema cardiovascular, deixando-o bem limpinho.

Invista em um azeite extra virgem de uma boa marca, para garantir todos esses importantes nutrientes.

castanhas

Além de ricas em gorduras poliinsaturadas, que aumentam o colesterol bom e diminuem o colesterol ruim, as castanhas apresentam grandes quantidades de proteínas, fibras, vitamina E, potássio e magnésio, que são dois minerais absolutamente imprescindíveis para a boa saúde do coração.

peixes

O coração adora atum, sardinha e salmão, porque são riquíssimos em óleos ômega-3, que é uma gordura saudável que auxilia a reduzir o colesterol ruim (LDL). O ideal é consumir esses peixes, pelo menos, três vezes por semana.

tomate

O tomate é rico em uma substância antioxidante, chamada licopeno, que é particularmente eficiente na prevenção de doenças cardiovasculares.

 

Fora a alimentação, de que mais o coração precisa para funcionar bem?

caminhar traz muitos benefícios para a nossa saúde:30 minutinhos só por dia: vamos lá, pessoal!

caminhar traz muitos benefícios para a nossa saúde:30 minutinhos só por dia: vamos lá, pessoal!

De exercício, concordam? De preferência aeróbico, de baixo impacto e, que seja feito regularmente, tipo, 30 minutos, 5 vezes por semana. Dá pra fazer perfeitamente, não dá gente?

O que mais?

atividades como o tai-chi-chuam ajudam a reduzir o estresse, inimigo da boa saúde!

atividades como o tai-chi-chuam ajudam a reduzir o estresse, inimigo da boa saúde!

O coração não se dá nada bem com estresse. Precisamos descobrir formas de minimizar, o máximo possível, a nossa pesada carga de estresse diário. Exercícios suaves, que nos ajude a respirar mais e melhor, podem ser grandes aliados. Exemplos: yoga, natação, tai-chi, qi gong, são apenas alguns. Pesquise a respeito, vale a pena!

Então é isso…alimentação saudável e adequada, exercícios aeróbicos regulares e atividades que reduzam o estresse! Com essa rotina estaremos assegurando a saúde do nosso coração, certo? Errado! Além disso, precisamos acrescentar o equilíbrio das nossas emoções, dos nossos pensamentos e, dos nossos padrões de comportamento. Essa parte, apesar da sutileza, é tão ou mais importante, para a saúde do nosso tão precioso coração.

Iremos publicar um artigo sobre essa parte na continuação. Fiquem ligados! Enquanto isso, façam seus deveres de casa. O coração de vocês merece!

Se gostou do que leu, curta a nossa página no FaceBook!

https://www.facebook.com/AlternativasSaudaveis

 

curta a nossa página no facebook!

curta a nossa página no facebook!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TESTE